Sexta, 19 de Julho de 2024 22:06
(99) 9 9145-3761
Anúncio
Geral Social

Participante da V Conferência Estadual da Pessoa com Deficiência se retrata com organização do evento

A V Conferência Estadual da Pessoa com Deficiência reuniu o ministro dos Direitos Humanos,

28/04/2024 19h24
Por: REDAÇÃO AFML Fonte: gilbertoleda
Participante da V Conferência Estadual da Pessoa com Deficiência se retrata com organização do evento

A V Conferência Estadual da Pessoa com Deficiência reuniu o ministro dos Direitos Humanos, Silvio de Almeida; a secretária Nacional da Pessoa com Deficiência, Anna Paula Feminella, representantes governo do Maranhão, políticos e entidades que militam pela causa das pessoas com deficiência em um grande debate sobre a importância de políticas públicas, garantia de direitos e igualdade, no Centro Pedagógico Paulo Freire (Ufma), entre os dias 24 e 26 de abril.

Durante a participação do governador Carlos Brandão, que falou das ações do governo do Maranhão em prol das pessoas com deficiência e ficou à disposição para responder os questionamentos dos participantes, o delegado de Imperatriz Evandro Fernandes questionou sobre a falta de almoço para os participantes. O trecho da sua participação foi cortado e viralizou nas redes como uma crítica ao governador.

Porém, na sexta-feira (26), Evandro esclareceu a sua fala e garantiu que todas as demandas foram atendidas. “No dia 24, de maneira totalmente torta, pegaram uma fala minha, naquele momento democrático, oportunizado pelo governador Brandão, e usaram nas redes sociais. Aconteceu um mal entendido no primeiro dia da Conferência, tivemos que antecipar a programação em decorrência da participação do ministro Silvio de Almeida, que precisou chegar mais cedo. No dia 24, de fato, não foi possível servir o almoço, mas tivemos comida, alimentação, merenda, hospedagem e hotéis acessíveis que atendiam às nossas particularidades. Nós vamos continuar unidos na construção de um Maranhão mais inclusivo, com o apoio da Sedihpop, do Comitê e do governo do Maranhão”, reforçou Evandro.

O evento foi realizado pelo Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência e contou com o apoio do governo do Maranhão, que atendeu todas as solicitações dos organizadores à respeito de hospedagem, traslado ida e volta e alimentação aos delegados que representaram os municípios maranhenses, conforme consta no Manual do Participante, material entregue aos presentes, conforme informou a secretária de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Lilia Raquel.O Conselho havia solicitado almoço apenas para os dias 25 e 26, além dos lanches, jantares e café da manhã, traslado do hotel até a Ufma para todos os delegados e seus acompanhantes. Portanto, o governo do Maranhão atendeu todas as demandas que foram solicitadas.

Durante o evento, Brandão abriu espaço para ouvir os participantes e fez questão de anotar todas as falas, assegurando buscar medidas para solucionar os problemas apresentados pelos delegados.

Em suas redes sociais, ele ressaltou que o Maranhão sai na frente para avançar na inclusão. “Com a assinatura do termo de adesão ao Plano Nacional – Novo Viver sem Limite, unimos os esforços do governo federal às políticas públicas já desenvolvidos no nosso estado. Seguiremos fortalecendo o diálogo, a proteção e a ampliação de direitos”, finalizou.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias