Terça, 07 de Dezembro de 2021
(99) 98826-8130
Anúncio
Esportes Esporte

Corinthians joga bem, bate o Santos e entra no G-4 pela primeira vez no Brasileirão

Gols de Jô e Gabriel, no segundo tempo, dão vitória merecida ao Timão; Peixe faz partida muito ruim

21/11/2021 20h59 Atualizada há 2 semanas
54
Por: Redação
divulgacao
divulgacao

O Corinthians jogou bem, foi muito superior ao Santos e venceu o clássico deste domingo, na Neo Química Arena, por 2 a 0. Os gols de Jô, no começo do segundo tempo, e Gabriel, quando a partida se encaminhava para o fim, colocaram o Timão no G-4 do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na temporada. Foi a sétima vitória consecutiva da equipe de Sylvinho como mandante. O Santos, muito mal no jogo, segue sob risco de rebaixamento

Melhores momentos de Corinthians 2 x 0 Santos pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro

Com a vitória, o Corinthians foi a 53 pontos, agora na quarta colocação, dentro do G-4 do Brasileirão – ultrapassando Fortaleza e Bragantino. O Santos, com 42, é o 11º e espera o fechamento da rodada para saber a distância para a zona de rebaixamento.

O Corinthians volta a campo na quinta-feira. Às 20h, visita o Ceará. O Santos, no mesmo dia, mas às 19h, recebe outro clube cearense, o Fortaleza.

Renato Augusto em Corinthians x Santos

Renato Augusto em Corinthians x Santos (Foto: Marcos Ribolli)

  •  
  • Contra o racismo

    Antes do jogo, jogadores dos dois times e equipe de arbitragem se ajoelharam no gramado e ergueram o punho. Foi um gesto de protesto contra o racismo. No sábado, foi lembrado o Dia da Consciência Negra.

    Jogadores de Corinthians e Santos se ajoelham no gramado em gesto antirracista

  • Craque do jogo

    Renato Augusto foi eleito o melhor em campo. Veja o que ele disse depois da partida no vídeo abaixo.

    Eleito Craque do Jogo, Renato Augusto comemora vitória: "Sabemos a pressão que sofremos para estar no G4"

  • Se não fosse ele...

    João Paulo fez defesas importantes e impediu que a derrota do Santos fosse pior. Depois do jogo, ele reclamou da desatenção da equipe. Veja no vídeo abaixo.

    João Paulo analisa derrota do Santos:

    João Paulo analisa derrota do Santos: "A gente sabia a força do Corinthians jogando em casa"

  •  
  • Primeiro tempo

    O Corinthians foi muito superior na etapa inicial. E já começou o jogo com tudo. Nos primeiros minutos, colocou forte pressão sobre o Santos e acumulou chances de gol. Poderia ter aberto o placar em diferentes lances: com toque de cabeça de Gabriel Pereira; com finalização de Gabriel; com tentativa de Róger Guedes, travado pela zaga após tabela com Jô; com cabeceio de João Victor. Aos 20 minutos, o Timão tinha 6 a 0 em finalizações, além de quase o dobro de posse de bola. Com o passar do tempo, o Santos conseguiu respirar um pouco, mas se manteve com enormes dificuldades para atacar. O Corinthians seguiu melhor. Aos 30, após falha da defesa do Santos, Renato Augusto tocou para Róger Guedes, e o goleiro João Paulo saiu bem para evitar o gol. Aos 40, Gabriel Pereira recebeu de Renato Augusto e chutou forte para o gol. João Paulo defendeu mais uma. O Santos só foi finalizar pela primeira vez aos 41, em bonita jogada de Felipe Jonatan. O lateral mandou na cabeça de Diego Tardelli, que mandou com perigo, rente à trave de Cássio. O Corinthians reagiu com jogadaça de Fagner. A bola chegou a Jô, que emendou chute por cima.

    Diego Tardelli e Fábio Santos em Corinthians x Santos

    Diego Tardelli e Fábio Santos em Corinthians x Santos (Foto: Marcos Ribolli)

  • Segundo tempo
  • O Santos voltou para o segundo tempo com duas modificações: Lucas Braga e Ângelo nos lugares de Gabriel Pirani e Madson. Mas nem deu tempo de ver uma possível reação do Peixe. Com um minuto, Jô colocou o Corinthians na frente ao fazer o pivô depois de receber de Du Queiroz. O gol forçou o Santos a sair mais da defesa, mas o Timão seguiu mais perigoso – como mostrou o cabeceio de Gil, forçando João Paulo a fazer mais uma boa defesa. Sylvinho mexeu com a Fiel ao chamar Willian, ausente dos últimos setes jogos. Ele entrou no lugar de Gabriel Pereira. Fábio Carille respondeu com Carlos Sánchez na vaga de Zanocelo. O jogo ficou mais disputado, com menos chances de gol. Mas ainda deu tempo de o Corinthians ampliar. Aos 40, Willian cobrou escanteio, a bola foi parar do outro lado, com Fábio Santos, e chegou a Jô, que fez o pivô para Gabriel mandar colocado, no cantinho, e fechar o placar.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.